Professores do LABOMAR participam de Expedição marítima parte de Santos para analisar mudanças climáticas

10 de maio de 2018

 


Os professores 
Edmo Campos e Carlos Teixeira participaram de um embarque científico do projeto SAMBAR com intuído de analisar os impactos das mudanças climáticas na circulação do oceano Atlântico Sul e colher informações oceanográficas nessa região. Os pesquisadores partiram no dia 20 de abril e estiveram 15 dias a bordo do Navio Alpha Crucis, do Instituto Oceanográfico da Universidade Federal de São Paulo (IOUSP).  Participaram da expedição ainda pesquisadores do IOUSP, da Universidade Federal de Rio Grande, da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Federal da Bahia, além de cientistas da Argentina, do Uruguai e dos Estados Unidos. Ao total foram percorridos aproximadamente 3600 Km e amostrados 28 pontos ao longo de uma linha que se estendeu da divisa do Brasil com o Uruguai até 800 Km da costa onde a profundidade chega a 4.750 metros. Em cada ponto foram coletados dados de salinidade, oxigênio dissolvido, temperatura, pressão e também direção e velocidade das correntes.  Além disso foram coletadas amostras de água em diversas profundidades que foram usadas para determinar concentração de nutrientes, clorofila, pressão de CO2, alcalinidade e PH. A expedição contou ainda com um experimento de microbiologia da professora Oscarina Vianna para amostragem de fungos e bactérias na atmosfera e camada superficial dos oceanos. O professor Edmo Campos, que atualmente é professor visitante do LABOMAR, coordena o projeto SAMBAR, que é financiado pela FAPESP. Um dos objetivos do projeto é verificar como as mudanças na circulação do Atlântico Sul podem afetar o oceano Atlântico Tropical e o clima de nossa região.